logo
16.04.2018 · Vereador Ademir Santana
Ademir Santana reafirma seu compromisso com a agricultura urbana em Campo Grande
1

Durante Audiência Pública realizada na Câmara Municipal, na manhã dessa segunda-feira (16), o vereador Ademir Santana fez uso da palavra para reforçar os seus compromissos em criar mecanismos legais e pressionar o poder executivo para que seja implementada, de uma vez por todas, a agricultura urbana em Campo Grande. Entre outros assuntos, Ademir lembrou sobre o seu projeto aprovado em 2017, mas vetado pelo prefeito Marcos Trad.

“O prefeito vetou meu projeto que previa a utilização de áreas públicas e privadas em Campo Grande para a agricultura urbana, mas não encerrou o assunto. Ele me chamou para conversar sobre isso no início do ano e eu já estou analisando junto à minha assessoria jurídica para adequarmos o projeto para que ele seja aprovado e sancionado da próxima vez”, discursou o vereador.

Durante o uso da palavra, Ademir Santana ainda destacou que são necessárias outras providências para que seja viabilizada a execução do projeto, destacando que não basta apenas aprovar a proposta, é preciso que haja condições favoráveis para que todo o plano seja desenvolvido. O vereador destacou que todo o ambiente precisa estar propício, dando destaque à limpeza adequada dos terrenos. “É um absurdo o tanto de lixo e sujeira que há nos terrenos baldios de Campo Grande. Não dá para admitir que já exista em contrato o compromisso de se instalar ecopontos para coleta de lixo em vários bairros e nós tenhamos apenas um implantado, ainda assim com capacidade muito reduzida. Isso precisa ser revisto, é fundamental os descartes tenham destino, para que a agricultura urbana tenha o mínimo de estrutura para começar”, destacou.

Sobre isso, Ademir Santana ainda fez referência à questão financeira e aos custos que um projeto desses tem para ir adiante e não ficar só no papel. Ele advertiu que sua proposta, mesmo não tendo sido ainda sancionada, já garantiu vitórias importantes, como a inclusão da agricultura urbana no Plano Diretor e no Orçamento do Município, além de uma emenda parlamentar que prevê setecentos mil reais para fomentar a atividade. “Conseguimos em Brasília, junto ao deputado Dagoberto Nogueira, uma emenda que vai nos ajudar muito. Agora é aguardar os trâmites políticos para que o dinheiro esteja liberado e seja mais um reforço para a agricultura urbana. Estou confiante e sei que esse é um desejo de muitas famílias que querem produzir e tirar disso o seu próprio sustento”.

A Audiência foi presidida pela vereadora Dharleng Campos, acompanhada dos vereadores Ademir Santana, Junior Longo, Enfermeira Cida, Valdir Gomes e Eduardo Romero, além do vereador de Sidrolândia, Kennedi Mitrioni Forgiarini, Alcindo Macedo, da Sisep, Araquem Midon, da Agraer e João Luiz Auler, da Sedesc.

Vários representantes de entidades que têm interesse no fomento à agricultura familiar fizeram o uso da palavra e todos eles reivindicaram infraestrutura, regularização apoio financeiro.

Guto Dobes
Assessoria de Comunicação do Vereador

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.