logo
14.06.2018 · Vereador Profº. João Rocha
Prof. João Rocha critica Medida Provisória que retira recursos do esporte
img_5231_ver_prof_joo_rocha_fto_izaias_medeiros

Durante a sessão ordinária desta quinta-feira (14), o presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, Prof. João Rocha criticou a Medida Provisória 821 que transfere parte dos recursos arrecadados pelas loterias federais para o Ministério da Segurança Pública. Ela foi assinada pelo presidente Michel Temer na segunda-feira (11).

“Estou hoje aqui nessa Tribuna para manifestar minha preocupação com essa Medida Provisória. No momento que vamos iniciar uma Copa do Mundo, o Brasil é blindado por uma Medida Provisória dessa natureza. O esporte é a grande ferramenta de promoção à saúde, à segurança e à condição social”, alertou.

Preocupado, o presidente da Casa de Leis apontou os recursos estimados que deixarão de ser revertidos para o esporte. “São 300 milhões que vão deixar de entrar no orçamento do Ministério do Esporte, outros 200 milhões que deixarão de ser repassados para as secretarias estaduais, onde já não existe basicamente nada. Quero demonstrar essa preocupação”, reforçou.

Prof. João Rocha destacou em seu discurso que não é transferindo recurso do esporte para a segurança que teremos um País mais seguro. “Aqueles que estão matando ferramentas importantes para construção da cidadania precisam ter entendimento da besteira que estão fazendo, não é tirando de um lugar e jogando para outro que vamos resolver os problemas, não é acabando com esporte e a cultura que vamos conseguir ter um País mais seguro”, afirmou.

Assessoria de Imprensa do Vereador

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.