logo
14.11.2017 · Vereador Delegado Wellington
Programa que cria Banco de Empregos para Jovens do Vereador Delegado Wellington é sancionado pelo Prefeito

Foi publicado no Diogrande desta terça-feira (14), a criação do Banco de Empregos para a Juventude de Campo Grande, por meio da Lei 5.913. De acordo com a justificativa do programa, a criação do Banco se mostra oportuno diante da importância da inserção ao mercado de trabalho aos jovens, a fim de se garantir um futuro mais promissor aos jovens e longe da violência e das drogas, dando oportunidades dignas.

Para o Vereador Delegado Wellington (PSDB), autor do Projeto juntamente com o Vereador João César Matogrosso (PSDB), a aprovação demonstra o comprometimento do Prefeito Marcos Marcello Trad (PSD) com a juventude de Campo Grande.

“Campo Grande vive hoje um momento de grandes crises. No atual cenário de altas taxas de desemprego, precarização das relações de trabalho, exclusão social e redução paulatina da renda média da população impõe restrições distintas aos diferentes grupos populacionais. Um panorama de desemprego e baixa empregabilidade dos jovens têm contribuído para o aumento da violência, da prostituição e do consumo e dependência de drogas entre os jovens, gerando um nível de vulnerabilidade social que ameaça a estabilidade social e o progresso, econômico. 

Quanto mais desfavorável o padrão de inserção ocupacional do jovem, piores tendem a ser as consequências tanto para a reprodução socioeconômica da população quanto para o financiamento das políticas públicas. Como o desemprego não é distribuído de uma forma equitativa entre a população jovem, os programas devem visar a jovens mais desfavorecidos para evitar o perigo da exclusão social”, explica o parlamentar.

Ainda de acordo com o parlamentar, como os recursos públicos são, na maioria das vezes escassos, um programa como este deve incidir sobre a população com maiores dificuldades, pois parcelas da população, pelas suas especificidades de gênero, idade, cor, escolaridade ou local de moradia, não estariam em condições de disputar uma vaga no mercado de trabalho em pé de igualdade com os demais extratos da população. 

“A carreira profissional dos nossos jovens além do comprometimento pessoal depende deste incentivo do poder público, no oferecimento de uma qualificação adequada, que fará o diferencial, quando atuarem nas mais diversas atividades, contribuindo significativamente com a sua entrada e permanência no mercado de trabalho, além de fortalecer o crescimento do setor, combatendo o desemprego e distribuindo renda às famílias dos qualificados”, lembra o Vereador.

Fernanda Yafusso
Assessoria de Imprensa do Vereador