logo
08.06.2022 · Homenagem
Câmara homenageia jovem que saiu do campinho do Nova Lima e, hoje, joga nos Emirados Árabes
mocao_3

A trajetória do menino que começou jogando bola no campinho de terra do Bairro Nova Lima, em Campo Grande, e vem trilhando uma carreira de sucesso no futebol, foi a motivação para homenagem na manhã desta quarta-feira (8) na Câmara Municipal. Leandro Spadacio Leite recebeu moção de congratulação do vereador Carlos Augusto Borges, o Carlão, presidente da Casa de Leis, que acompanhou desde o início a história do jogador, que há três anos está no Time Shabab Al Alhi dos Emirados Árabes Unidos, em Dubai. A moção foi aprovada pelos vereadores na sessão ordinária de terça-feira. 

“É sempre uma honra estar junto com Carlão, que me acompanhou desde novinho no corredor do Nova Lima e sempre me ajudou quando precisei. Fico feliz e sou muito grato a ele”, afirmou Leandro Spadacio. Ele contou que começou a jogar no campinho de terra do Nova Lima, sempre acompanhado do pai. Aos 11 anos, foi jogar no Fluminense, mas esse caminho até chegar ao time dos Emirados Árabes teve alguns desafios.  

“Foi difícil. Passamos três meses sofrendo porque estávamos numa pousada e não conseguia dormir bem para treinar no outro dia. Ficamos depois numa casinha de aluguel, só com o básico fogão, geladeira, e fomos nos virando por oito anos. Fui vendido para o Emirados Árabes e hoje está dando tudo certo”, relatou. 

O presidente Carlão ressaltou a felicidade em entregar essa moção ao jogador e recordou que acompanhou muitos jovens começando a jogar ainda quando foi presidente da Associação de Moradores no Nova Lima. “Lá tinham muitas crianças da idade dele que foram pelo caminho errado e ele foi pelo caminho certo. Hoje, ele é um orgulho para nós, não apenas para a comunidade do Campo Verde, como de toda Campo Grande. O Poder Legislativo congratula ele por ser uma pessoa diferente; é um ótimo jogador, que terá um futuro brilhante”, disse. 

O vereador Edu Miranda, que acompanhou a entrega da moção, ressaltou a importância da conquista do jogador e de incentivar o futebol para que mais jovens tenham oportunidade. “Nosso futebol aqui acabou. Temos tantos talentos jovens que estão sendo perdidos porque não temos uma Federação que abraça essa causa”, criticou.   

Familiares e representantes do esporte, que incentivaram e treinaram Leandro desde cedo, acompanharam a visita e entrega da homenagem na presidência da Casa de Leis. O pai de Leandro Spadacio, Francisco Alves Leite, enfatizou o “orgulho imenso em ver uma criança criada no corredor do Nova Lima sair para o mundo e hoje estar sendo bem visto”, disse. Ele recordou do começo difícil para largar tudo em Campo Grande para correr atrás do sonho do filho. “É emocionante. Os meninos lá da vila veem ele como espelho”, disse.  

Um de seus primeiros treinadores, Paulo de Rezende, conhecido como Paulinho, ressaltou que se sente orgulhoso de participar da história do atleta. “Sempre procuramos ajudar em treinamento e com os melhores conselhos. Ele sempre foi dedicado, além do potencial que tem. Merece essa carreira vitoriosa que está tendo. É mais que justa essa homenagem que Carlão fez a ele. O esporte revoluciona e salva vidas. Quando as pessoas se engajam no esporte e colocam a disciplina como Leandro fez as coisas acontecem”, disse. 

Valter Pereira dos Santos, o Tiquinho, também ressaltou o privilégio de ter acompanhado Spadacio nos primeiros treinos. “Ficamos felizes em saber que ele teve êxito na empreitada dele. Graças à família, empenho de amigos e colaboradores, hoje, ele está bem e esperamos que possa galgar lugares ainda maiores, como a seleção brasileira porque ele tem potencial”, enfatizou. 

Aos jovens que desejam seguir uma carreira no futebol, Spadacio dá o recado: “que nunca desistam dos sonhos, se cheguei, você também pode chegar. Como falei, sai de um lugar muito pobre e nunca podemos desistir dos sonhos”, disse.

Milena Crestani 

Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal 

 

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.