logo
10.09.2020 · Vereador Dr. Wilson Sami
De autoria do vereador Dr. Sami, projetos na área social, da saúde e homenagem a Campo Grande são aprovados
sami_camara

Na sessão desta quinta-feira (10) da Câmara Municipal de Campo Grande, foram aprovados três projetos de autoria do vereador Dr. Wilson Sami (MDB).

Em primeira votação, foi aprovado o projeto de lei n. 9.811/20, que confere ao município de Campo Grande o título de “Cidade Morena”.

Carinhosamente chamada de Cidade Morena, Campo Grande ganhou esse tratamento pela coloração avermelhada de suas terras. Contudo, não há registro que torne oficial este título.

“Como filho de Campo Grande, tenho muito orgulho da cidade que nasci e que acolheu meus pais com tanto carinho. Aqui constituí família, estudei, me formei em medicina e tenho as melhores lembranças de minha vida. Campo Grande já é a Cidade Morena nos corações dos campo-grandenses e, diante dessas considerações, nada mais justo e merecida tal homenagem, no sentido de oficializarmos à nossa amada capital este título”, afirma Dr. Sami.

Em segunda discussão, os parlamentares aprovaram o projeto de lei n. 9.631/19, que institui o Programa de Orientação à Entrega Voluntária de Bebês à Adoção, de autoria do vereador Dr. Wilson Sami e Enfermeira Cida Amaral. O projeto  visa orientar as gestantes que pretendam entregar os seus bebês à adoção após o parto, respeitando o Cadastro Nacional de Adoção, garantindo toda a assistência a essas mulheres. 

Também de autoria do vereador Dr. Sami, foi aprovado o projeto de lei n. 9.666/20, que institui o “Programa Fila Zero” em Campo Grande, com o objetivo  de prestar atendimento imediato às pessoas diagnosticadas com câncer nas unidades de saúde do município e utilização de serviços públicos municipais oferecidos à população.

 

Assessoria de Imprensa do Vereador 

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.