logo
28.05.2020 · Vereador Otávio Trad
Vereador Otávio Trad destaca preocupação com aumento de casos de Covid-19 no interior e o impacto no sistema de saúde de MS
whatsapp_image_2020_05_27_at_12_00_01

Durante a audiência de prestação de contas do 1º quadrimestre do exercício financeiro de 2020 da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública), na manhã desta quarta-feira (27), na Câmara Municipal, o vereador Otávio Trad (PSD) destacou a preocupação com o aumento dos casos de Covid-19 nos municípios do interior de Mato Grosso do Sul sem infraestrutura e os impactos do crescimento da pandemia para a rede pública de saúde.

"A possível vinda desses pacientes para Campo Grande pode sobrecarregar a rede municipal. Devemos nos preocupar com toda a população e tomar medidas urgentes para que este salto de infectados não se tornar um verdadeiro problema de saúde pública", disse. “Um colapso do sistema de saúde municipal da Capital poderá ser fatal para todo o Estado”, completou. O vereador ainda sugeriu a realização de uma reunião com o Governo do Estado para que medidas de prevenção sejam tomadas.

De acordo com o boletim epidemiológico de Covid-19, divulgado pela SES (Secretária Estadual de Saúde) nesta quinta-feira (28), nas últimas 24 horas mais 76 casos foram confirmados no Estado, sendo 23 em Dourados, 22 em Guia Lopes da Laguna e 13 em Itaporã. Ao todo Mato Grosso do Sul soma 1.262 pessoas infectadas pela doença.

Na Capital, cidade mais populosa do Estado, 265 casos confirmados. Em segundo lugar no ranking de contaminados está Guia Lopes da Laguna, com 226 casos, seguido por Dourados e Três Lagoas, com 220 e 134 casos respectivamente.

O secretário municipal de Saúde, José Mauro de Pinto Castro Filho apontou Campo Grande foi uma das primeiras cidades do país a tomar medidas mais restritivas. "Campo Grande foi uma das primeiras cidades que tomou as decisões mais duras. O fechamento dos ambulatórios, por exemplo, se nós não tivéssemos fechado no tempo certo, essa infecção viria do interior para Capital, acreditamos na orientação do ministro na época”, salientou.

Barreira sanitária – Com o crescimento dos casos no interior, o vereador Otávio Trad ainda destacou o papel de controle das barreiras sanitárias instaladas em algumas das entradas da Capital. “Essa é uma das ações do Governo do Estado junto com a Prefeitura para conter a transmissão do vírus que está apresentando eficácia para identificar as pessoas que apresentam sintomas leves ou graves e assim podem ser acompanhadas”. O vereador ainda ressaltou que a barreira não impede a entrada de pessoas. “Não é uma proibição, mas sim uma medida de controle”, finalizou.

#PraCegoVer: A foto mostra o vereador Otávio Trad, de camisa listrada azul e amarelo, sentado ao lados dos vereadores Enfermeira Cida do Amaral, Dr. Lívio e do secretário municipal de saúde, José José Mauro Filho. Todos estão usando máscara.

 

 

Assessoria de Imprensa do Vereador 

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.